La Pampa e uma Amazônia que desconhecemos

Para abrir a Mostra Competitiva de longas estrangeiros do 50º Festival de Cinema de Gramado, o escolhido foi La Pampa, uma produção realizada no Peru, Chile e Espanha. Assinado por Dorian Fernández Moris, o filme trata de um assunto muito preocupante e recorrente: a exploração sexual e de trabalho realizada na Amazônia Peruana.

Na história, Pedro (Fernando Bacilio) conserta brinquedos antigos e os vende na rua. Um dia, uma menina bate na sua porta. Reina (Luz Pinedo) afirma que é sua filha e que precisa de ajuda. Ela fugiu da exploração sexual em La Pampa e está muito machucada. Porém, a partir daí temos a primeira grande revelação do filme. Pedro não é quem parece ser. Na verdade, ele não é quem ele diz ser. Pedro se chama Juan.

Porém, Juan não consegue deixar a menina para trás e, a partir daí, começamos com uma espécie de Road Movie, seguindo a busca dos dois pela família de Reina. Só que uma máfia se apresenta e as armadilhas que os dois precisam enfrentar são inúmeras.

Muito bem produzido, La Pampa mostra uma realidade para muitos desconhecida. Uma terra quase inabitada em que a máfia reina e comanda todo tipo de exploração aos jovens. Onde a morte é comum e corriqueira. Onde o medo impera. 

Fernando Bacilio e Luz Pinedo funcionam muito bem como dupla e dão o ótimo tom à La Pampa
Fernando Bacilio e Luz Pinedo funcionam muito bem como dupla e dão o ótimo tom à La Pampa

La Pampa tem uma bela fotografia. O jogo de luzes de cena é bem construído, o que reflete as emoções dos personagens. Fernando Bacilio e Luz Pinedo funcionam muito bem como dupla e dão um ótimo tom ao filme.

Com um enredo de amor pelo próximo e as problemáticas de uma região controlada pelas máfias de mineração de ouro e da exploração sexual, La Pampa conta uma história emocionante. E coloca o expectador em dúvida: o que você faria se isso acontecesse com você? Se alguém batesse na sua porta precisando de ajuda, você aceitaria arriscar sua vida por alguém que nunca viu? 

Veredito da Vigilia

Veja toda a nossa cobertura do Festival de Cinema de Gramado.

Foto destaque: Cleiton Thiele/Agência Pressphoto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *