Festival de Gramado entregou os primeiros kikitos para os curtas-metragens

Festival de Gramado premia os melhores curtas

“Remendo”, de Roger Ghil, é o melhor curta-metragem brasileiro do 51º Festival de Cinema de Gramado

Os Kikitos do 51º Festival de Cinema de Gramado começaram a ser entregues na noite de sexta-feira, 18 de agosto, no palco do Palácio dos Festivais. A cerimônia foi marcada pela entrega da premiação dos melhores na mostra de curta-metragens brasileiros, reconhecendo “Remendo”, de Roger Gihl, como melhor filme. A produção “Ela Mora Logo Ali”, de Fabiano Barros e Rafael Rogante, recebeu três prêmios: melhor filme pelo Júri Popular, melhor roteiro e melhor atriz para Agrael de Jesus. 

O público presente no Palácio dos Festivais ainda acompanhou a entrega do Troféu Oscarito para Laura Cardoso, Troféu Eduardo Abelin a Lucy Barreto e do Kikito de Cristal para Alice Braga. 

A produtora Lucy Barreto, recebeu o Troféu Eduardo Abelin, que é uma homenagem concedida a diretores, cineastas e entidades de cinema pelo trabalho feito em benefício do cinema brasileiro. “Hoje, 18 de agosto, Luiz Carlos e eu comemoramos 69 anos de casados, só tenho a agradecer ao Festival, agradecer estar viva, pois com 90 anos tem que se agradecer todos os dias”, manifestou a homenageada. 

Alice Braga

Alice Braga, Laura Cardoso, Lucy Barreto e Ingrid Guimarães
Homenageadas: Alice Braga, produtora Lucy Barreto, Laura Cardoso e Ingrid Guimarães | Foto: Edison Vara/Agência Pressphoto

Recebendo o Kikito de Cristal, dedicado a expoentes do cinema internacional, a atriz Alice Braga afirmou ser tímida e estar nervosa. “É muito simbólico ver Lucy, Laura e Ingrid aqui nesta noite, e estar no Rio Grande do Sul, que foi onde minha carreira começou, quando eu tinha 14 anos, com a Casa de Cinema: vocês são fundamentais, este festival é fundamental”, afirmou. Alice finalizou dizendo ser uma honra receber o mesmo Kikito que tantas outras pessoas que ela admira já receberam. 

O público que preencheu os assentos do Palácio dos Festivais ficou de pé quando Lucy, Alice e Ingrid Guimarães, homenageada ontem com o Troféu Cidade de Gramado, foram convidadas ao palco para entregar o Troféu Oscarito para a atriz Laura Cardoso. 

Pioneira na TV brasileira, com mais de 30 longas-metragens na carreira, Laura manifestou que estava sem voz para falar “de coração, obrigada por gostarem do meu trabalho, estou emocionada e não sei mais o que falar”

VENCEDORES DA MOSTRA DE CURTAS BRASILEIROS

Melhor Desenho de Som: Kiko Ferraz, por “Sabão Líquido”

Melhor Trilha Musical: Mano Teko e Aquahertz, por “Yãmî-Pá”

Melhor Direção de Arte: Felipe Spooka e Jacksciene Guedes, por “Casa de Bonecas”

Melhor Montagem: Luiza Garcia, por” Camaco”

Melhor Roteiro: Fabiano Barros e Rafael Rogante, por “Ela Mora Logo Ali’

Melhor Fotografia: Morzanel Iramari, por “Mãri-Hi – A árvore do Sonho”

Melhor Atriz: Agrael de Jesus, por “Ela Mora Logo Ali”

Melhor Ator: Phillipe Coutinho, por “Sabão Líquido”

Prêmio Especial do Júri: “Mãri-Hi – A Árvore do Sonho”

Menção Honrosa: “Cama Vazia”, de Fábio Rogério e Jean-Claude Bernardet

Melhor Curta Júri da Crítica: “Camaco”, de Breno Alvarenga

Melhor Filme pelo Júri Popular:  “Ela Mora Logo Ali’, de Fabiano Barros e Rafael Rogante

Melhor Direção: Mariana Jaspe, por “Deixa”

Melhor Filme: “Remendo”, de Roger Ghil

Créditos/Fotos: Edison Vara/Agência Pressphoto

Leia também:

Grazi Massafera estreia em Gramado com “Uma família feliz”

Retratos Fantasmas revisita cinemas e emoções

Divertido e nostálgico, Mussum: O Filmis é todo de Ailton Graça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *