Secundas é o grande vencedor da Mostra Gaúcha de Curtas | Confira todos os vencedores

Direto do Festival de Cinema de Gramado

Na noite de domingo, dia 20 de agosto, aconteceu, no Palácio dos Festivais, a premiação da Mostra Gaúcha de Curtas – Prêmio Assembleia Legislativa de 2017, em comemoração as 45 anos do Festival de Cinema de Gramado. Dos 68 filmes habilitados, 18 foram selecionados para serem exibidos no Festival. A premiação, entregue pela Assembleia Legislativa, destacou realizadores em 13 categorias, distribuindo um total de 45 mil reais em dinheiro. Foram conhecidos também os vencedores do Prêmio Aquisição da TVE e o Prêmio do Júri da Crítica, além de duas menções honrosas.

Quem venceu o prêmio mais importante da noite, de Melhor Filme de Curta-metragem, foi Secundas, o curta preferido da Vigília neste Festival. O filme foi dirigido por Cacá Nazario e roteirizado por Cacá Nazario, Matheus Piccoli e Iuri Minfroy. Como falamos em nosso texto sobre o primeiro dia da mostra de curtas, a sinopse de Secundas é simples: “Uma fagulha pode incendiar uma pradaria”. A frase, um tanto quanto enigmática, simplifica a principal temática desse curta: as ocupações nas escolas de ensino médio, que ocorreram em 2016. Vemos, nas telas, a partir de câmeras do jornalista Matheus Piccoli e do estudante Iuri Minfroy, os horrores que os adolescentes passaram na luta travada contra o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e a favor da educação pública de qualidade. As imagens, como sabemos que são reais, chocam. Um sensação de incômodo, até mesmo de importância, surge. São 16 minutos pesados, reais, que falam muito sobre a situação da educação, neste caso específico, gaúcha. Quando subiu ao palco, o diretor e roteirista, Caca Nazario, criticou o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e seu governador. Como ele mesmo diz, esse é um filme político e sabemos que ele coloca o dedo na ferida de muitas pessoas.

Confira todos os premiados:

Melhor produtor (produtor executivo) – Sob águas claras e inocentes

Melhor edição de som – Temporal

Melhor música – Yomared

Melhor direção de arte – Solito

Melhor Montagem – Yomared

Melhor fotografia – Temporal

Melhor roteiro – Temporal

Prêmio Aquisição TVE – Gestos

Menção honrosa à Sena, os fios em prosa

Melhor atriz – Mariana Yomared (Yomared)

Melhor ator – João Pedro Prates (1947)

Vencedor do Júri da Crítica – Sob águas claras e inocentes

Melhor diretor – Emiliano Cunha (Sob águas claras e inocentes)

Menção honrosa ao elenco do filme Sob águas claras e inocentes

Melhor filme de Curta-metragem Gaúcho – Secundas

Leia o resumo do segundo dia da Mostra.

Foto: Edison Vara / Pressphoto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *