“Grande Sertão”, de Guel Arraes, tem estreia mundial no Festival de Tallinn, na Estônia

“Grande Sertão”, filme de Guel Arraes e com roteiro de Jorge Furtado, terá a sua estreia mundial no Festival de Tallinn, na Estônia. O filme é uma adaptação do clássico literário “Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa. Assista o trailer:

A exibição será no dia 10 de novembro, na 27ª edição do festival. Já no Brasil, a estreia está prevista para maio de 2024.

Protagonizado por Caio Blat (Riobaldo) e Luisa Arraes (Diadorim), o longa ainda traz no elenco nomes como Rodrigo Lombardi (Joca Ramiro), Eduardo Sterblitch (Hermógenes), Luis Miranda (Zé Bebelo), Mariana Nunes (Otacília) e Luellem de Castro (Nhorinhá). O filme transpõe o universo da violência dos jagunços do sertão para o território dos bandidos da periferia urbana, em um tempo indeterminado. A história, narrada em tom épico, segue a trajetória de Riobaldo, professor que ingressou no bando por amor a Diadorim.

SINOPSE: Numa grande comunidade da periferia brasileira chamada “Grande Sertão”, a luta entre policiais e bandidos assume ares de guerra e traz à tona questões como lealdade, vida e morte, amor e coragem, Deus e o diabo. Riobaldo entra para o crime por amor a Diadorim, mas nunca tem a coragem de revelar sua paixão. A história, narrada por Riobaldo, é marcada pela presença de um personagem enigmático, Diadorim, que se torna um grande amigo dele e desperta sentimentos complexos. A identidade de Diadorim é um mistério constante para Riobaldo, que lida com escolhas morais e dilemas éticos, enquanto busca entender seu lugar no mundo e sua própria natureza. Nesse percurso transcorre as batalhas e escaramuças da grande guerra do Sertão. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *