“Encontramos terra arrasada”. Ministério da Cultura promete retomada do audiovisual

Reconstrução do setor audiovisual. Essa foi a promessa para quem estava presente na nublada manhã de sábado, dia 13 de agosto, no Recreio Gramadense para assistir à abertura do 51º Festival de Cinema de Gramado. Com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, e da Secretária de Cultura do Rio Grande do Sul, Beatriz Araujo, o Festival foi muito celebrado.

Margareth Menezes, que conversou com os jornalistas antes do início da abertura oficial, ressaltou a retomada do setor. A Secretária do Audiovisual, Joelma Oliveira Gonzaga, definiu que os setores culturais eram “uma terra arrasada” após a passagem do último governo federal. Porém, a nova administração promete retomada no setor.

“O Brasil tem 371 festivais de cinema e todos eles vão receber incentivo”, conta Joelma, ao falar sobre o novo projeto que ainda será lançado. Nele, os festivais serão beneficiados e a ideia é que possam ser ampliados. “O brasileiro é criativo e tem muitos projetos, queremos fomentar essa produção”, disse a ministra.

Ao subir no palco, Margareth Menezes foi ovacionada. Sua presença foi um sopro de esperança para um setor que, por muitos anos, sofreu tanto. Beatriz Araujo, inclusive, falou sobre isso. “Durante quatro anos, falamos sozinhos. Não tínhamos resposta”, disse a secretária, que agradeceu a presença e a pró-atividade da ministra e de Joelma.

O Festival de Cinema de Gramado, que na edição de 2023 teve sua realização colocada em cheque por uma possível falta de verba, foi assegurado. Tanto o Governo do Estado quanto o Governo Federal garantiram os incentivos para que o evento continue sendo o Festival de Cinema mais antigo em atividade do Brasil.

Relatos Fantasmas e Angela abriram o Festival.

Kleber Mendonça Filho mais uma vez foi convidado para abrir o Festival de Cinema de Gramado. Desta vez, ele trouxe seu filme Relatos Fantasmas. E para abrir a Mostra Competitiva de Longas Brasileiros, o filme exibido foi Angela. Leia mais sobre o primeiro dia aqui.

Foto: Cleiton Thiele/Agência Pressphoto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *