Argentina, 1985 estreia no Prime Video

Democracia: filmes para entender porque esse é o melhor caminho

O cinema sempre foi um grande professor. E alguns filmes são incrivelmente necessários e atemporais. Alguns deles, deveriam ser vistos e revistos de tempos em tempos para que alguns desses ensinamentos não saiam de nossa memória ou caiam facilmente em esquecimento. Atualmente, a Democracia vem sendo um conceito um tanto quanto maltratado, seja aqui no Brasil, na América Latina, ou mesmo em grandes potências mundiais. Por isso, sentimos a necessidade de fazer essa lista, que será considerada por aqui como uma lista eterna, em constante construção.

Tem alguma sugestão? Deixa nos comentários que teremos o maior prazer em acrescentar por aqui!

Uma noite de 12 anos – Uruguai, 2018

Uma noite de 12 anos
Uma Noite de 12 anos: sempre lembrar para nunca mais repetir

Diretor: Álvaro Brechner

Onde assistir? Netflix

José Mujica, Mauricio Rosencof e Eleuterio Fernández Huidobro são militantes dos Tupamaros, grupo que luta contra a ditadura militar local. Eles são presos em ações distintas e encarcerados junto a outros nove companheiros, de forma que não possam sequer falar um com o outro. Ao longo dos anos, o trio busca meios de sobreviver não só à tortura, mas também ao encarceramento que fez com que ficassem completamente alheios à sociedade, sem a menor ideia se um dia seriam soltos. Relembre aqui nossa crítica completa!

O que é isso, companheiro? – Brasil, 1997

Diretor: Bruno Barreto

Onde assistir? Prime Video

O enredo conta, com diversas licenças ficcionais, a história verídica do sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick, em setembro de 1969, por integrantes dos grupos guerrilheiros de esquerda MR-8 e Ação Libertadora Nacional, que lutavam contra o regime militar instaurado no país em 1964. Alguns nomes dos personagens ligados à guerrilha foram trocados em relação a seus nomes verdadeiros no livro e na vida real.

Argentina, 1985 – Argentina, 2022

Argentina, 1985: o elenco de heróis
Um dos grandes filmes de 2022

Diretor: Santiago Mitre

Onde assistir? Prime Video

A história verídica dos promotores públicos Julio Strassera e Luis Moreno Ocampo que ousaram investigar e processar a ditadura militar mais sangrenta da Argentina em 1985. Emocionante e com um roteiro inteligente, característico do cinema argentino. E claro, temos a presença sempre importante de Ricardo Darín. É a indicação argentina a uma possível vaga no Oscar 2022. Leia aqui nossa crítica completa!

O Pastor e o Guerrilheiro – Brasil, 2022

O Pastor e o Guerrilheiro, de José Eduardo Belmonte
O Pastor e o Guerrilheiro tem a presença de Johnny Massaro

Diretor: José Eduardo Belmonte 

Onde assistir: cinemas, sem data de estreia

“Na virada do milênio, Juliana, filha ilegítima de um coronel que comete suicídio, descobre que seu pai foi torturador durante a ditadura militar no Brasil”. O longa dirigido por José Eduardo Belmonte teve estreia nacional no Festival de Cinema de Gramado de 2022 e carrega consigo uma mensagem forte. E se para bons entendedores meia palavra basta… então com frases e diálogos completos, elas terão ainda mais impacto. Com o Distrito Federal como pano de fundo, “O Pastor e o Guerrilheiro” conta histórias do passado e do “presente” sendo apresentadas em uma interessante costura. Na década de 70, vemos os movimentos que buscavam a volta da democracia sendo acachapados pelos coronéis da Ditadura Militar. Grupos revolucionários são apresentados, recontando um pouco da nossa história e dramatizando o que foi a Guerrilha do Araguaia. Relembre aqui nossa crítica completa!

Texto por Michele Rocha e Robson F. Nunes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *