Maníaco do Parque Silvério Pereira

Silvero Pereira surge como Maníaco do Parque na primeira foto do filme

Mais um crime real brasileiro vai virar filme. O Prime Video divulgou na sexta-feira, dia 25 de agosto, a primeira imagem de Silvero Pereira (Bacurau) caracterizado para o filme Maníaco do ParqueProduzido pela Santa Rita Filmes, o longa tem previsão de lançamento para 2024 com o selo Original Amazon.

A imagem mostra Silvero Pereira como o motoboy Francisco de Assis Pereira, condenado por atacar 21 mulheres, assassinar dez delas e esconder seus corpos no Parque do Estado, em São Paulo, no final dos anos 90. No filme, Giovanna Grigio é Elena, uma repórter iniciante que vê na investigação dos crimes do homem conhecido como o maníaco do parque a grande chance de alavancar sua carreira. Ela revela as histórias de assassinatos enquanto Francisco de Assis Pereira segue livre atacando mulheres, e sua fama cresce vertiginosamente na mídia, gerando terror na capital paulista.

Elenco de Maníaco do Parque

O elenco ainda conta com nomes como Bruno Garcia, que interpreta Zico, um jornalista galanteador e sem escrúpulos que trará problemas para Elena. Mel Lisboa é Martha – psiquiatra e irmã da protagonista, ela terá a importante função de ajudá-la a entender como funciona a mente de um psicopata. O rapper Xamã faz o papel de Nivaldo, um homem boa praça e chefe de Francisco.

Augusto Madeira (Bingo – O Rei das Manhãs) é Medeiros, um dos delegados responsáveis pelo caso do Maníaco do Parque e fonte de informações de Elena e Zico. Christian Malheiros (Sintonia) interpreta Beto, repórter fotográfico que se torna aliado de Elena. Bruna Mascarenhas faz o papel de Cristina, uma das vítimas de Francisco, crucial para a descoberta da identidade do assassino. Olivia Lopes representa Tainá, uma ex-namorada de Francisco que teve papel marcante em sua vida.

O filme é dirigido por Maurício Eça (A menina que matou os pais), produzido por Marcelo Braga e tem roteiro de L.G. Bayão. A pesquisa é da jornalista investigativa Thaís Nunes.

Documentário

A produção do filme de ficção Maníaco do Parque foi anunciada junto com o documentário O Maníaco do Parque: A História não Contada, que revisita o caso do assassino condenado sob uma nova perspectiva, a de quatro vítimas sobreviventes. Produzidos pela Santa Rita Filmes, os projetos tiveram origem em uma pesquisa sem precedentes sobre os crimes. Para criar os roteiros, mais de 20 mil páginas do processo foram analisadas e mais de 50 pessoas foram entrevistadas, incluindo sobreviventes, familiares de vítimas, promotores, delegados, peritos, psicólogos, psiquiatras e advogados.

Leia também:

Todas as estreias da Netflix em setembro

Festival de Gramado: confira os vencedores de 2023

Filmes curtos (e ótimos!) para conferir no streaming

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *