Mulher-Hulk Defensora de Heróis veredito

Mulher-Hulk: o final não tirou o gosto ruim que ficou

E chegamos ao final de mais uma série do Universo Cinemático da Marvel (MCU). Mulher-Hulk: Defensora de Heróis veio com uma pegada diferente de tudo que a Marvel Studios já tinha feito. Para isso, colocou a excelente Tatiana Maslany no papel de Jennifer Walters, encheu a série de personagens conhecidos, easter-eggs, participações especiais, bom humor e a já aguardada quebra da quarta parede. Mas, faltou alguma coisa. Para você que acompanhou nossas lives por episódio, sabe muito bem que a produção foi um tanto irregular, e nem mesmo o ótimo episódio final tirou aquele gostinho amargo que ficou. Confira nossa análise deste “gran finale” e o nosso ranking individual de séries do MCU no vídeo abaixo. Não esqueça de comentar com o seu próprio ranking também.

Mulher-Hulk: episódio final e veredito da série:

“Mulher-Hulk: Defensora de Heróis”a nova série da Marvel Studios para o Disney+, estreou em 18 de agosto. Dirigida por Kat Coiro (Episódios 1, 2, 3, 4, 8 e 9) e Anu Valia (Episódios 5, 6 e 7), com Jessica Gao como roteirista principal, a produção de nove episódios é estrelada por Tatiana Maslany como a Mulher Hulk/Jennifer Walters, uma advogada solteira que também é uma superpoderosa Hulk verde de 2 metros de altura, e recebe uma série de veteranos do MCU, incluindo Mark Ruffalo como o Professor Hulk, Tim Roth como Emil Blonsky/o Abominável e Benedict Wong como Wong.

Relembre nossas críticas das séries anteriores:

WandaVision

Falcão e o Soldado Invernal

Loki

What If…. ?

Gavião Arqueiro

Cavaleiro da Lua

Ms. Marvel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *