Masterchef: caixa surpresa, troca-troca e sobremesa sem açúcar assustam os participantes

Mais uma vez o melhor reality show da TV aberta brasileira garantiu boas risadas para os telespectadores. Mas, como sempre, nem tudo são flores durante as eliminações, e desta vez, o jovem competidor Roger acabou saindo, tendo realizado duas provas muito ruins no mesmo dia, não deixando dúvidas aos jurados Paola Carosella, Eric Jaquin e Henrique Fogaça.

O programa já começou com a clássica caixa misteriosa. Nela, ingredientes familiares, do tipo “geladeira de casa”, com os ingredientes que cada um mais gosta, mas cada uma diferente da outra. Mas o “tempero” da prova foi diferente. Em uma geladeira com imãs de cada competidor, quem tirasse o nome do outro, ficava com a caixa misteriosa do colega. Ou seja, novamente uma loteria. E por óbvio, ninguém quis retirar as receitas da oriental Yoko, que já ficou famosa pela criatividade e pelo uso de produtos muito diferentes da culinária brasileira.

No sorteio vieram os risos e surpresas dos competidores. A sofredora Caroline (a já famosa Física) pega a caixa de doce de Leonardo e já começa sua sofrência. Já o baiano Fabrizio ficou P$%) com o chinês-paraguaio Abel (como ele mesmo se intitula). Ele pegou a “geladeira” com os ingredientes mais usados por Abel, com um detalhe: Abel não tem geladeira em casa. “Vou mandar entregar uma geladeira pra você”, disse Fabrizio já com um sorriso nervoso. Estamos atentos em Abel, além de bom cozinheiro, ele garante boas tiradas durante seus diálogos com os demais participantes e, principalmente, com os jurados. Não sabemos se é malandragem ou inocência, mas sabemos que é engraçado.

Outra curiosidade das receitas caseiras dos ‘masterchefs’ foram os extremos. Tivemos desde pés de galinha (!) até magret (de pato). Outro “Funny Moment”, Caroline deu a real: “Quem tem isso na geladeira de casa? Ou você tem magret na geladeira ou um carro na garagem”. Concordamos com a Física-maluquinha.

Com os pratos prontos, começa a melhor parte do programa: o embate jurados X participantes. Especialmente nesta edição, as reações foram ótimas. O gaúcho Douglas foi repreendido por Paola em função da mania dele de passar a mão no cabelo. A também gaúcha Taise foi mais contundente em um de seus depoimentos “Tomei no XX” de novo, surpreendeu ela (nós rimos). Aí surge Abel novamente. Questionado por Paola se havia fruta no seu prato ele tascou um sonoro “Tomate é fruta”. Nem Paola conseguiu se segurar com essa. Por sorte ela levou na esportiva. Mas a cara dela foi demais e valeu o episódio.Um dos melhores momentos foi quando Fogaça perguntou para Natália se ela havia experimentado o prato que havia feito, um risoto. Ela, com toda a sinceridade do mundo, responde: “Sim, eu carquei no sal”. As risadas foram garantidas. O clima foi mais tenso para Roger. Já mostrando fraqueza, o produtor de eventos foi um dos mais criticados. Ele tentou reagir, dizendo que a prova seguinte seria diferente. Mas não foi.

Eliminação

Desta vez a prova de eliminação foi desafiadora. Os que foram mal na primeira prova voltaram pra cozinha para preparar uma sobremesa sem açúcar. Os destaques de piores pratos da primeira prova tinham ainda um agravante: não poderiam usar nem mel para adoçar. Logo no mercado, já começaram as pérolas. Alguns procuraram chocolate, enquanto outros perderam tempo questionando de doce de leite poderia ser utilizado. Ana Paula precisou repetir, diversas vezes, que era para cozinhar sem açúcar.

Apesar do medo inicial, a prova caminhou bem. Menos para Victor B. que foi fazer uma cheescake e esqueceu da gelatina incolor, tendo que apelar pro gaúcho Douglas e para Roger, que ficou com tanto medo de ter cozinhado demais o figo, que deixou as frutas cruas. Fogaça inclusive chamou o prato de “bizarro”. Os dois foram os destaques negativos, junto com Caroline. Como era de se esperar, Douglas se saiu bem e só não levou a prova porque não tirou a casca da maçã. Ele fez um bolinho que parecia uma delícia. O destaque ficou mesmo com Deborah, que apostou nas pêras ao vinho. Foi certeira e muito elogiada!

Semana que vem tem mais!

P.S. Já viram que a Yoko parece morta na abertura do programa? É assustador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *