Léa Garcia morreu aos 90 anos na cidade de Gramado

Léa Garcia, que seria homenageada hoje no Festival de Gramado, morre aos 90 anos

Atriz receberia nesta terça-feira, dia 15 de agosto, junto de Laura Cardoso, o troféu Oscarito pelo conjunto de sua obra

Um dia triste e marcante para história do audiovisual brasileiro e do próprio Festival de Cinema de Gramado. Morreu na cidade da Serra Gaúcha a atriz Lea Garcia, aos 90 anos. Ela receberia nesta mesma terça-feira, dia 15 de agosto, o troféu Oscarito pelo conjunto de sua obra, ao lado da colega Laura Cardoso. A informação foi confirmada pela família via redes sociais. Conforme nota oficial do evento, o Hospital Arcanjo São Miguel confirmou que a causa da morte foi um infarto agudo do miocárdio.

“É com pesar que nós familiares informamos o falecimento agora na cidade de Gramado no @festivaldecinemadegramado da nossa amada Léa Garcia”.

Lea Garcia estava em Gramado desde o início da programação do 51º Festival de Cinema de Gramado, acompanhando as sessões e atendendo ao público no tapete vermelho.

Ainda não há informações quanto a alterações da programação. A noite de entrega do Troféu Oscarito estava agendada para a noite de hoje, no Palácio dos Festivais. O troféu é a honraria máxima para atores no cenário nacional do cinema.

A carreira de Léa Garcia

Léa Garcia possui uma história antiga com Gramado, conquistando quatro Kikitos com Filhas do Vento, Hoje tem Ragu e Acalanto. Com 90 anos completos, a veterana possui no currículo mais de 100 produções, incluindo cinema, teatro e televisão. Com uma célebre trajetória nas artes, foi indicada ao prêmio de melhor interpretação feminina no Festival de Cannes em 1957 por sua atuação no filme Orfeu Negro que, em 1960, ganharia o Oscar de melhor filme estrangeiro, representando a França.

Léa seguia ativa nas artes cênicas. Em 2022, atuou nos longas Barba, Cabelo e Bigode, Pacificado e O Pai da Rita. Ontem (dia 14 de agosto) havia confirmado negociações com a TV Globo para atuar no remake da novela Renascer.

Possíveis alterações na programação do Festival de Gramado serão anunciadas em breve pela organização.

Leia mais sobre o Festival de Gramado:

Cangaço Novo é o nordeste na tela | Primeiras impressões

“Tia Virgínia” diverte e arranca aplausos em Gramado

Mais pesado é o céu traz crueza e sofrimento para o Festival de Gramado

“Concha de Água Doce” é o melhor curta gaúcho do 51º Festival de Cinema de Gramado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *