Fernando Meirelles, O Cidadão Incomum CCXP22

Fernando Meirelles vai adaptar um super-herói dos quadrinhos

Informação foi dada com exclusividade durante o painel de homenagem ao diretor e aos 20 anos de Cidade de Deus na CCXP22. A adaptação será da HQ brasileira “O Cidadão Incomum”

O diretor brasileiro Fernando Meirelles surpreendeu a todos durante a CCXP22. No painel que trouxe uma homenagem especial ao seu trabalho e também aos 20 anos de Cidade de Deus, o cineasta trouxe uma informação bem impactante para os amantes de cultura pop. Questionado se um dia apostaria ou trabalharia em um filme de super-herói, ele confessou: “Não só adoraria como já estamos trabalhando na adaptação de uma HQ nacional chamada O Cidadão Incomum, e provavelmente será uma série. É um personagem muito interessante e que como todo brasileiro, precisa enfrentar muitas dificuldades. Nem sabia se eu podia falar, mas agora já foi”, brincou.

A notícia trouxe efeitos imediatos dentro da própria CCXP22. Várias pessoas que participaram do painel fizeram questão de garimpar e buscar conhecer a HQ, que é um trabalho do artista Pedro Ivo. A maioria encontrou o personagem dentro do Almanaque Guará, projeto premiado pelo HQ Mix, que reúne uma coletânea de diferentes histórias em personagens em vários volumes. O projeto estava posicionado dentro do Artist’s Valley.

O Cidadão Incomum: a origem

Escrito por Pedro Ivo, inicialmente a saga foi publicada pela Editora Conrad (que infelizmente não levou a HQ para seu estande na CCXP22). O Cidadão Incomum conta a história de Caliel, ator iniciante de classe média, que enfrenta todas as incertezas, batalhas e decepções de quem opta por viver essa profissão. Sua vida muda drasticamente quando, em uma manhã, acorda flutuando entre o teto e a cama. A partir daí, Caliel  corre contra o tempo para descobrir  o que são esses novos dons.

“É uma história inteiramente inspirada na realidade. Fiz questão que o leitor identificasse lugares, épocas e posturas. Não importa quem você seja, se gosta ou não de quadrinhos, minha principal fonte de inspiração,  é muito provável que se identifique com Caliel. Tenho pra mim que todas as pessoas do mundo, ainda mais nesses tempos, já se imaginaram fazendo coisas impossíveis”, conta o autor em sua página oficial.

As HQs do Almanaque Guará

O gibi publicado pela editora Universo Guará é uma continuação independente da história de O Cidadão Incomum. Publicada em seis volumes, ela explora as possibilidades do original e novos personagens. As publicações funcionam quando lidas separadamente, mas o livro é que traz a gênese completa de Caliel.

Como adquirir?

A HQ original “O Cidadão Incomum”, publicada pela Conrad, está disponível por R$ 19,90 na Amazon (confira aqui). O preço é para assinantes Prime. Já o Almanaque Guará pode ser adquirido separadamente por volumes, ou ainda em Box, com os seis volumes completos.

No Almanaque Guará você encontra três séries originais e uma história independente. São elas SANTO #1-3. ECOS #1-5. CIDADÃO INCOMUM #1-5. SEGUNDO TEMPO #1-2. 17 ANOS e UM 38 #1. EU SOU LUME #1-3. SARA ANIMALS #1-2. TITO #1. TRAVESSIA #1. TROCA de TURNO #1-5.

E aí, gostou da notícia? Não deixe de compartilhar com os amigos!

A Vigília Não Para

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *