A Noite das Bruxas é o mistério de Agatha Christie na tela

A belíssima Veneza pode oferecer mistérios que apenas Hercule Poirot consegue resolver. Kenneth Branagh dirige e protagoniza mais um longa baseado na obra de Agatha Christie. A Noite das Bruxas estreia na quinta-feira, dia 14 de setembro e entrega um filme muito mais conciso, interessante e intrigante que Morte no Nilo ou Assassinato no Expresso do Oriente. Na terceira tentativa, o famoso detetive acerta e impressiona.

Com uma história que mistura o Dia das Bruxas, um palácio assombrado e uma sessão espírita, Hercule sai de sua aposentadoria à pedido de uma amiga. Tina Fey vive Ariadne Oliver, uma autora de best-sellers prestes a cair no ostracismo e agora está pronta para entregar uma nova história. Para isso, ela leva o amigo para um palácio com uma grande história para contar bem no Dia das Bruxas.

Com uma trama cheia de mistérios, temos Michelle Yeoh, Jamie Dornan e outros importantes nomes em um elenco coeso, que se complementa e oferece ótimas atuações. O destaque vai para o pequeno Jude Hill, que vive Leopoldo Ferrier.

 Michelle Yeoh está excelente em A Noite das Bruxas
Michelle Yeoh está excelente em A Noite das Bruxas

Além de boas atuações, o roteiro consegue enganar o espectador. Pelo que calculei, acreditei ao menos três vezes ter descoberto toda a trama. Ledo engano. Achei que tinha matado a charada, mas esqueci que era baseada em uma das melhores escritoras de mistérios.

Figurino, cenário e maquiagem também são excelentes. É um filme de encher os olhos, bem finalizado e com um glamour decadente totalmente necessário. As máscaras de época, a mansão abandonada com uma aura de terror dão um tom que envolve, mas não aterroriza. Cria uma camada interessante para o filme.

O grande trunfo de A Noite das Bruxas é conseguir fazer essa jogada. Acreditamos que estamos indo por um caminho e quando vemos, estamos em um completamente diferente. É a essência de Agatha Christie ali. Depois de filmes medianos, A Noite das Bruxas consegue surpreender e dá um frescor e uma nova esperança aos amantes de casos de mistério.

A Noite das Bruxas nos leva de volta à juventude. À época em que podíamos passar tarde debruçados em livros da Agatha Christie e da Coleção Vagalume. É afetivo e bem feito.

Veredito da Vigilia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *